Excelência Pedagógica
Varal de Poesia
 

 

  Página Inicial

  Projeto Varal de Poesia

  Referencial Teórico

  História e cronologia

  Literatura brasileira

  Literatura Estrangeira

  Dicionário de rimas

  Tipos de Poesia

  Calendário de eventos

  Linguística

  Caminhos e desafios

  Contato

 

 

 


 
 

 

O Varal de poesia é uma atividade lúdica, com poderosos recursos didáticos: Em 40 minutos, é possível trabalhar a expressão corporal, o enfrentamento da timidez, interpretação de textos, criatividade, vocabulário, o senso crítico, além do espírito de equipe.

Os participantes são recebidos no ambiente com poemas pendurados em um varal:

Cada um é incentivado a escolher um texto por afinidade ou aquele que o desafie, que contenha uma ideia diferente da sua maneira de pensar (já se começa a trabalhar o senso crítico e a tolerância).

Cada um que escolheu o texto, vai declamar na frente de todos, e as melhores performances (Escolhidas pelo próprio grupo) serão premiadas com brindes. – Esta atividade trabalha a expressão corporal e o enfrentamento da timidez. Naturalmente, os mais tímidos não vão querer participar, e nem devem ser forçados a isso: eles podem ser incluídos de outra forma, participando da organização do evento, ajudando o facilitador. (mais uma vez, o projeto se apresenta como uma ferramenta de inclusão, pois aqueles que não interagem, terão a oportunidade de julgar a performance dos mais extrovertidos)

Após cada leitura, o facilitador pergunta para o Grupo, o que o autor quis dizer com aquele texto, se há alguma informação escondida nas entrelinhas, se ele disse uma coisa, querendo dizer outra, como é comum nos textos poéticos. Nesse momento, se trabalha a interpretação de textos, a riqueza de opiniões diferentes, a possibilidade de análises divergentes se completarem.

Obs: O livro contem uma sugestão de análise, para cada poema apresentado. – O professor, claro, pode ampliar ou modificar esta viagem.

É possível também, abordar as palavras mais incomuns, desafiando o grupo a esclarecer seu significado..sugerindo que alguém encontre um sinônimo que seja adequado ao poema, uma outra possibilidade de rima. Abordagem lúdica, e não menos poderosa, para a criatividade e o enriquecimento do vocabulário.

Alguns poemas são consagrados, de conhecimento obrigatório para quem se aventura no mundo da Literatura, outros, menos conhecidos, representam mais uma porta de acesso, permitindo que os participantes conheçam os mais variados estilos literários.

 

Chico Buarque canta uma música que diz o seguinte

“Esperando parada, pregada na pedra do porto..

    ..com seu único e velho vestido, cada dia mais curto”

Veja a sutileza da metáfora contida na letra: não é o vestido que encolhe, mas a mulher espera pelo seu amor, e está grávida... à medida que a barriga cresce, o vestido encurta.

Além desta atividade, são distribuídos poemas recortados em linhas, tudo misturado dentro de um saco, para que os participantes se organizem em grupos, com o objetivo de colocar as linhas dos poemas na ordem correta. Nesta vivência, há um reforço no trabalho em equipe, no raciocínio e também na Literatura.

Minha terra tem palmeiras

Onde canta o sabiá

As aves que aqui gorjeiam

Não gorjeiam como lá

O evento promove uma competição sadia, trabalha a sensibilidade e incentiva a formação de grupos, em que os integrantes possam aceitar e respeitar as diferenças entre eles.

 

 

 

 
Metodologia

 

Registro da realização do evento em 2014, na ABRACE

 

 

Página Inicial

 

 

 

 

© Alpisa                Privacy Policy